poesia do existencialismo um homem sem rumo.

N**************** 23/05/2021 Relatar Quero comentar

Não sei se já lhe falei que sou um homem que tem medo de sair da cama. Se você morresse hoje , quais os textos você levaria com você. escolha só um objeto para levar, Hoje me questionei se realmente gosto do frio, sabe tive que levantar e colocar um moletom. 

Más fiquei chateado o meu fogão esta sujo, acho que hoje não vai ter tempo de limpar.  Eu fui convidado para recitar uma poesia minha, em um evento on line, tenho muito medo de me expor,  eu escrevo para minha morte.  Eu não gosto de conhecer o escritor, como ele foi  eu acabo julgando. Imagina você ler uma coisa linda minha , e me conhecer, eu um homem extremamente falho.

A vida me tirou da cama cedo hoje, fico tirando onda com ela, poxa logo eu um capitalista sem capital, um sonhador sem ter lido bons livros.

estou tirando o açúcar da minha vida , vou ter que acostumar com o café amargo. 

E óbvio que eu busco ajuda para escrever, um bom livro um filósofo e até um escritor brasileiro,  você não  é que nem eu que a inda tem pré-conceitos com eles.

Acreditar em Deus e fácil quero ver sair de casa e deixar o fogão limpo, arrumar a cama. 

Azar posso me atrasar posso morrer hojeMais meu fogão não  vai ficar sujoEu vou ficar com a consciência muito pessada e claro se cadáver tiver consciência. Más acho que tem.quantas e  quantas vezes em vida Eu  já estive morto.  Não se preocupa eu matei os deuses em minha vida , para que eu possa viver.

Eu já falei para você que eu matei deus por que eu fui traído pelo amor,?

Os livros  de bolso foram inventados para  pessoas, àquelas que não tinham dinheiro para consumir. Não sei o século más faz tempo. Eu dei sorte por sai para rua e coloquei um no bolso. 

 Que merda eu não consigo entender o Nietzsche, focult e o Espinosa. E muito complicado entender alguns filósofos a inda mais se você começar a ler eles depois dos 28 anos.

Vim para almoçar e percebi que não sei escutar.

Comentário do usuário