TODOS OS TIPOS DE RELIGIÃO

sarinha 14/01/2021 Relatar Quero comentar

Atualmente, nos países da Europa, há certo declínio da religião, sobretudo cristã.

Por outro lado, o Cristianismo cresce nos Estados Unidos, na América Latina e na África.

O Islamismo se expande pelo sudeste asiático e Europa; e o Hinduísmo, Budismo e Xintoísmo ainda são a maioria no Extremo Oriente.

Importante destacar também o Protestantismo, em sua vertente pentecostal, que vem crescendo na América Latina.

Por fim, enquanto componente fundamental da cultura humana, a Religião foi motivo de inúmeras guerras.

Além disso, estruturou sociedades e definiu o conhecimento científico, filosófico e artístico durante muitos séculos.

Sistemas Religiosos

As religiões possuem em comum alguns aspectos como:

caráter público, hierarquias clericais, reuniões regulares, estabelecimento de limites entre o sacro e profano, a sacralização de determinados locais, veneração de divindades, escrituras sagradas ou tradição oral, sacrifícios, festas, serviços funerários e matrimoniais, meditação, arte, calendários religiosos e um sistema de crenças no sobrenatural, geralmente explicando a vida após a morte ou a origem do Universo.

A palavra “seita”, designa o segmento minoritário nas religiões, enquanto “heresia” é todo conteúdo contrário a estrutura teórica da religião dominante.

Veja também: 

Tipos de Religião

Da esquerda para direita: um padre católico, um rabino, um muçulmano, um hare-khrisna, uma mãe-de-santo, um índio e um pastor protestante

Panteístas: as mais primitivas manifestações religiosas, não possuem livros sagrados, divinizam elementos naturais como o vento, a água, o fogo, os animais, dentre outros. Politeístas: “substituem” as panteístas quando os elementos divinos são personificados e humanizados, havendo uma equivalência entre deidades femininas e masculinas nos cultos. Ateístas: negam a existência de um ser central e supremo (o qual, para elas, seria o Vazio ou um Não-Ser). Não creem em deuses personificados, mas acreditam em forças invisíveis, como fenômenos da natureza inexplicáveis. Deste modo, prega-se a interdependência harmônica do Universo, equilibrado por meio do Tao ou encontrado no Nirvana. São exemplos, o Budismo, na Índia e na China, o Taoísmo e o Confucionismo. : são as religiões mais recentes e populares (cerca de 50% da população mundial), possuem Livro Sagrado no qual está presente a verdade da Revelação Divina, onde se estabelece a divindade soberana e eliminam-se adorações independentes. É curiosa a escassez de representações do Deus supremo, enquanto as entidades menores (como os anjos) são muito retratadas. Outro detalhe é que o Deus único (Hebreu, Cristão e Islâmico) são masculinos e absorveram os elementos femininos como a bondade.

No Brasil

No Brasil, a maioria das pessoas pratica alguma religião.

A religião predominante é o cristianismo com 86,8%. Destes 64,6% se declaram católicos e 22%, evangélicos.

Os espíritas correspondem a 2% da população brasileira.

Apesar de muito populares, as religiões de matriz africana como candomblé e umbanda sempre aparecem com percentuais muito baixos nos censos.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário